noticias das comunidades

PPI na Semana Social e Grito dos Excluídos

Arquidiocese de Maceió - AL

maceio_ss_grupoVárias lideranças da Pastoral da Pessoa Idosa da arquidiocese de Maceió participaram das atividades da Semana Social Zilda Arns que aconteceu de 1º a 7 de setembro de 2010 promovida pelas Pastorais Sociais da arquidiocese e que culminou com a caminhada do 16º Grito dos Excluídos. Este ano pela primeira vez o Grito aconteceu fora da capital alagoana. Foi realizado na cidade de Murici, na Zona da Mata de Alagoas.

Em Alagoas, o Grito alertou para a realidade de miséria que está tomando conta das milhares de famílias que foram atingidas pelas enchentes que aconteceram no Estado nos dias 18, 19 e 20 de junho último. Em todo o Brasil, o tema escolhido foi: 'Vida em primeiro lugar: Onde estão nossos direitos? Vamos às ruas para construir um projeto popular. A caminhada começou na área das barracas instaladas pela Defesa Civil, percorreu várias ruas da cidade e foi encerrado na Praça Padre Cícero, no Centro de Murici.

Leia Mais com fotos

 

100% das paróquias implantaram a PPI

Diocese de Afogados da Ingazeira – PE

Rosa Francisca Soares Leite - Coordenadora Diocesana da PPI

  Com a implantação da PPI nas Paróquias de Nossa Senhora das Dores e São José, em São José do Belmonte, a Pastoral faz-se presente em todas as Paróquias uma vez que só faltava duas Paróquias para fechar a implantação na Diocese.

Na Paróquia de Nossa Senhora das Dores, a Coordenação contou com a ajuda do Pe. Antonio de Lisboa de Andrade, onde foram capacitados 11 Líderes, missionários de Mãe Rainha, ECC, Catequistas, Legião de Maria e outros, encerrando a capacitação dia 21 de agosto.
Na Paróquia de São José, o Padre José Valme de Andrade, Viúvas de Santa Rita de Cássia, outros missionários, Catequistas, Jovens, Legião de Maria e Missionários de Mãe Rainha, concluíram a implantação desta Pastoral na Diocese dia 22 de agosto, com 15 Líderes, que ficaram encantados com a metodologia e as místicas da capacitação.

Há cinco anos atrás, o Pe. Valme me indicou para ser assumir Coordenação Diocesana ao Bispo Dom Luís Gonzaga Silva Pepeu Iniciamos as ações da PPI na Paróquia de São Pedro, Itapetim. Trabalho iniciado por 17 Líderes e 196 Idosos acompanhados, atualmente a Paróquia de São Pedro acompanha 1.523 Idosos em 64 Comunidades, trabalho realizado por 113 Líderes. Na Diocese contamos com 800 líderes, acompanhando mais de 11 mil pessoas idosas mensalmente em 402 comunidades, em todas as paróquias da Diocese.
Ser Líder da Pastoral da Pessoa Idosa, visitar um Idoso, é ascender uma vela e ser iluminado primeiro. A visita é tão útil para quem visita quanto para quem é visitado, afinal é dando que se recebe, dizia São Francisco de Assis.
LOUVADO SEJA DEUS!!!

Rosa Francisca Leite

Paróquia Senhora Santa Ana está em Missão

Diocese de Picos - PI

A Pastoral da Pessoa Idosa está em missão na Paróquia Senhora Santa Ana, a abertura aconteceu nesta sexta, 10, na cidade de Alagoinha do Piauí. Missionários de cinco paróquias estão participando, além dos padres Miguel Feitosa, Pio Feitosa e Manoel Antônio de Moura.

A acolhida aconteceu no Salão Paroquial de Alagoinha, com a presença de muitas pessoas que participaram do café comunitário. Durante toda sexta-feira houve visita às residências onde se encontram idosos assistidos pela pastoral. Às 17h Oração Missionária no bairro São Joaquim e às 19h30 a celebração da Santa Missa no bairro São José, um dos maiores bairros da cidade.

Neste sábado todos se concentram na Igreja São João Batista, de onde sai a caminhada pelos idosos e seus direitos, com destino ao bairro dos Doras, lá acontece a oração e o café partilhado, em seguida os missionários visitam o bairro São José e as comunidades rurais Pedra, Recanto e Areia, ás 11h30 haverá celebração nas capelas de cada comunidade.

Ainda no sábado os missionários se concentram às 13h30 na igreja do povoado Serra Velha, dando início às visitas, às 18h o haverá Celebração Eucarística, encerrando com uma caminhada da igreja até o Colégio Francisco Teodoro de Brito, onde será realizado um momento cultural com os idosos.

No domingo os missionários seguem para Monsenhor Hipólito, sede da paróquia. Durante todo dia realizam visitas e às 18h saem em caminhada do Hospital Emília Bezerra até a Igreja Matriz, onde haverá a Missa de encerramento da missão.

Lana Krisna - Pascom

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Oficinistas da Pastoral da Pessoa Idosa no Fórum Social

mariana_forumsocial1

Realizado na cidade de Ponte Nova (MG), nos dias 29 de julho a 1º de agosto reuniram 500 pessoas. O Fórum discutiu o tema "Ecologia e Economia a Serviço da Vida. A arquidiocese reafirma seu compromisso com os pobres: "A opção preferencial pelos pobres está implícita na fé cristológica naquele Deus que se fez pobre por nós, para nos enriquecer com sua pobreza".

Segundo Dom Geraldo Lyrio Rocha, o Fórum Social pela Vida representa um momento forte na caminhada de nossa Igreja, que não pode ficar fechada sobre si mesma. "O Fórum é uma herança que recebemos do saudoso Dom Luciano. Foi ele quem abriu a Igreja de Mariana para viver mais intensamente a dimensão sociopolítica", disse nosso Arcebispo. Em suas palavras, Dom Geraldo, ensina e mostra o caminho. Em sua postura não partidária, mas sim conciliatória ele nos faz pensar e questionar nossa caminhada quando nos pergunta: Nós queremos de verdade ser discípulos de Jesus? Então qual deve ser nossa postura e atitude? Jesus se coloca a serviço da vida, vida plena, plena para todos.

Se quisermos ser discípulos missionários de Jesus, nós temos um compromisso com o Reino demariana_forumsocial2 Deus. Precisamos e, Jesus espera um compromisso de nossa parte.

O sociólogo Ivo Poletto, conferencista oficial do evento, acentuou os riscos que o Planeta Terra corre por causa da política desenvolvimentista adotada no país e no mundo e disse: "A terra está nos dando sua profecia com muitos sinais. Se não mudarmos o modo de fazer economia, vamos esquentar o planeta cada vez mais até o ponto de nós, seres humanos, não sermos capazes de viver aqui".
Zé Vicente, músico, destacou a necessidade de "sermos da esperança". "Sou da esperança, por isso estou aqui. Precisamos trilhar o caminho do encantamento e da esperança", disse. "A utopia é o sonho teimoso que faz a gente andar para frente. O caminho da arte pode ser importantíssimo para a gente trabalhar a questão do que nós chamamos de força popular, no patamar da cultura popular. Se um dia não tivesse a arte, a poesia, a dança, o que seria de nós?", acrescentou o cantor.

Mais fotos e notícia no Leia Mais